Saiba comprar seu carro



Veja o que aprontaram nesse Primeiro de Abril

Se você não ficou atento, pode ter caído em uma série de brincadeiras ontem, o Dia da Mentira. Muitos fabricantes de carros e meios de comunicação não deixaram a oportunidade passar e pregaram suas peças. Algumas das melhores você pode conferir abaixo:


Segundo a Mini, esse é o carro para quem quer um foguetinho de bolso e que sabe que 2/3 do planeta são recobertos de água. Ele seria capaz de atingir 61 nós na água, o equivalente a 113 km/h. O bicho é tão feio que não dá muita margem a dúvida de que se trata de uma brincadeira.



A Peugeot do Reino Unido também saiu ontem a campo para dizer que criou uma inovação: um RCZ que muda de cor dependendo do humor do motorista. Se a música é alegre, o carro ganha cores vivas. Se é sério, uma mais escura. Bem sacado...



Essa é uma pegadinha que faria sucesso, se fosse de verdade. O primeiro carro autolimpante do mundo. Não seria de estranhar: já tem tanto carro que se parece com eletrodoméstico (e de linha branca!) que um sobre rodas só atenderia aos anseios de quem não encontra um lava-rápido que preste.




Você já deve ter lido sobre o projeto da Google de criar um carro que dirige sozinho. Para primeiro de abril, eles bolaram um carro de corrida que se pilota por conta própria. Essa seria a alegria dos donos de equipe e a tristeza dos pilotos profissionais. Com carros que fazem quase tudo sozinhos, esses tempos podem estar perigosamente próximos, ainda que, desta vez, seja só brincadeira (alguns dirão que de mau gosto...)


Que ACC, que nada... O negócio, agora, é ter um Série 3 que anda atrás de você na corrida e ainda emite frases de incentivo. Lorota da boa.





Esse é o verdadeiro Mini aventureiro. Ou ele vem com a barraca no teto, como o Mini Swindon, ou com um reboque de luxo, como o Cowley Caravan. Prova de que isso é pura sacanagem é a foto do cachorro de pelúcia na última foto.


Essa veio da turma do PickupTrucks.com: a parceria entre GM e Peugeot teria dado seu primeiro fruto. E ele seria a picape grande baseada na Silverado. A Silveradeaux. Piada das boas!


Essa veio da Car and Driver. A versão de produção do Sesto Elemento tem nome. Será o Tosttaborda. Nessa, teve muita gente que caiu. Só não foi pior do que a Ferrari que seria fabricada em Pernambuco, de acordo com Adalberto Nasolungo. Se você não pegou a sutileza "pinoquiesca", desencana. E espera a Ferrari pernambucana começar a ser vendida nas Casas Bahia.

No passado, alguma pegadinhas de carros foram épicas. Veja as dez melhores de todos os tempos:


O BMW Instant Messaging foi criado para projetar no para-brisa mensagens invertidas. O objetivo é facilitar a leitura pelos motoristas da frente. Mesmo que a mensagem não seja educada, como a da foto. “Move over” é “sai da frente”. Esse muita gente ia querer que fosse verdade.


Em comemoração ao casamento do príncipe William, a BMW lançou uma versão do Série 3 para homenagear Sua Majestade. Em vez de M3, o carro vinha com o emblema Will, um bocado de intimidade da marca com a realeza. Sorte dela ser brincadeira.


Os fotógrafos de segredos ficaram loucos ao ver em Nürburgring o que parecia ser uma picape BMW. Em 1º de abril, a marca confirmou as suspeitas e mostrou a M3 Pick-Up, o primeiro modelo da empresa voltado a entregas expressas. Jason Stathan morreu de inveja.


De olho na onda ecológica, e em busca do moto perpétuo, a Seat mostrou em um primeiro de abril o Ibiza Ecomotive movido a energia eólica. Na verdade, o sistema de hélices ajudava a manter a bateria carregada. Era chamado de Aero Tonto, uma homenagem a quem acreditou na história.


A maior reclamação dos romanos sobre sua cidade é o trânsito. Azar do papa, que mora no meio da muvuca. Para ajudar Sua Santidade a se deslocar mais fácil, a Hyundai criou um i10 Papamóvel, blindado e bem protegido. Mas meio apertado. Para o papa e para a potoca.


Para quem achava que a Lotus tinha poucas opções de produtos, a marca apresentou a Load Lugga, uma picape a diesel movida por um motor estacionário, daqueles de cortador de grama, com uma caçamba logo atrás dos bancos dianteiros. O engate pegou um monte de trouxa.


De olho na geração videogame, e ciente do desinteresse de muitos jovens pelos carros, a Kia lançou o Kee Wii, compatível com o console da Nintendo. Em vez de volante, um joystick é o que dá direção ao carro. E às piadas.


Se a Mitsubishi se especializou em sedãs fortes, com o Lancer Evolution, ou Evo, para os mais íntimos, ela também começou a se aventurar pelos elétricos, com o i-MiEV. Nada mais natural do que juntar as propostas com o i-MiEVO, um esportivo elétrico que chega a 280 km/h. Podia ser até mais, mas mentira tem perna curta.


Acidentes de trânsito são uma preocupação constante. Para evitá-los, muitos carros checam se o motorista está com sono e aconselham que ele pare para um café. Só que ninguém tinha visto os perigos da fome. A Infiniti viu e criou um sistema que mede os roncos do estômago e aconselham o motorista a se alimentar. Para ninguém ficar roendo osso por aí.


Se o Aero Tonto da Seat não parecer uma iniciativa boa para o ambiente, a Kia oferece uma alternativa com o Aero Soul, que usa o ar durante a rodagem para impulsionar e parar. O primeiro carro a usar a aerodinâmica de modo tão extremo será vendido só nos dias 1º de abril. Assim como os terrenos na Lua.